Páginas

França


Versailles, por Wellinton Prates

Um dia sonhei que nadava em um oceano numa noite em que o número de estrelas no céu perdia para a imensidão de desejos, que a cada braçada se apresentava a mim como gotas d’água que se perdiam na imensidão do mar.

Foi então que acordei, mesmo com os olhos ainda que embaçados, e me dei conta que estava em Paris. Percebi então que aqueles muitos desejos estavam bem ali na minha frente, em cada árvore, cada pessoa e em todas as esquinas pelas quais eu passava.

Estar em uma das cidades mais visitadas do mundo, conhecida por suas extensas belezas singulares e títulos como cidade luz ou mesmo cidade dos eternos apaixonados, mexe com a cabeça das pessoas. Imagine então com a cabeça de jovens intercambistas, como eu era na época.

Imagem: arquivo pessoal de Wellinton Prates

0 comentários:

Postar um comentário

Página inicial