Páginas

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Tudo o que você precisa saber sobre Ibitipoca - Parte 2 - O Parque



Essa matéria é a continuação da Parte 01. Na Parte 01 eu falei sobre a vila de Conceição do Ibitipoca e dei VÁRIAS dicas sobre o local (se você está planejando uma viagem para lá, você PRECISA ler). Nessa daqui, Parte 02, vou falar sobre a maior atração de lá, o Parque de Ibitipoca!

Ibitipoca

O Parque Estadual do Ibitipoca é a grande atração da vila. Foi criado em 1973 e ocupa uma área de cerca de 1488 hectares repleta de grutas, trilhas, picos, cachoeiras, uma vegetação linda e riachos cujos tons variam do mel ao vermelho graças ao quartzo concentrado nas rochas. Aberto para o publico diariamente das 07h às 18h  o parque impressiona pela infraestrutura, com trilhas muito bem sinalizadas e cuidadas, limpeza impecável e muita informação disponível no centro de visitantes e na portaria. O parque do Ibitipoca oferece ainda lanchonete, restaurante, vestiário, estacionamento e camping (sim, você pode acampar dentro do parque, por um valor bem acessível. Para mais informações ligue para lá). Isso sem falar, claro, nas atrações principais: as cachoeiras deslumbrantes com água muito limpa e cor de coca-cola, as piscinas naturais, grutas e cavernas enormes, mirantes e picos para quem tiver disposição de fazer trilhas mais longas (há trilhas íngremes de até oito quilômetros só de ida). Caminhar é o grande programa na reserva, é andando que se descobre os mais belos lugares de lá.

A prática de esportes radicais no Parque é proibida, mas em Ibitipoca há trilhas para todos os tipos de gosto. Quem não tiver tanta disposição pode curtir atrações mais próximas.

O Parque possui três principais circuitos. Lá dentro existe um Centro de Apoio ao Turista onde há mapas que auxiliam muito o visitante.

Conheça melhor os 3 circuitos principais do Parque:

Circuito das Águas: é a trilha central e exige cerca de três horas de caminhada relativamente fácil. Essa pode ser considerada a trilha mais básica do parque, e a que você precisa fazer para conhecer as principais atrações. São 5km de extensão passando por cachoeiras, piscinas naturais, paredões rochosos e grutas incríveis. Pode ser encarada por pessoas de qualquer idade que tenham um pouquinho de disposição e gosto por andar no mato. O Lago das Miragens e o dos Macacos são as atrações que eu mais gosto nesse percurso.

Prainha - Ibitipoca

Pico do Pião: trilha de médio esforço a 1772 metros de altura. O passeio pode durar de quatro a cinco horas. São cerca de 5,5 km de trilha com bastante subida para chegar até o Pico do Pião, de onde se tem uma vista linda das montanhas mineiras. Os picos do Pião (1722 metros) e da Lombada (1784 metros) são os pontos culminantes do parque e dão vista panorâmica dos vales tomados por rios e cachoeiras. A Lombada, a quatro quilômetros da portaria oferece ainda um bonito pôr do sol.

Pico do Pião (Imagem: 7 Cantos do Mundo)

Janela do Céu: é o circuito mais puxado, que acaba em uma cachoeira de 20 metros. O percurso exige cerca de sete horas de caminhada (ida e volta) e trechos íngremes. São 16km totais de trilha de dificuldade nível médio, com bastante subida. O esforço vale a pena: a vista da Janela do Céu, uma cachoeira muito alta emoldurada por uma formação vegetal que faz mesmo parecer uma janela mágica é sensacional. E o melhor é que essa nem é a única razão para fazer o trajeto, porque tem muitas grutas, paisagens e outras vistas lindas pelo caminho.

Janela do Céu (Imagem: Implicities)

*Atualização*: o acesso à Janela do Céu foi interditado a partir do dia 29/10/2016, sem previsão de retorno.

Existem dezenas de quedas 'água observadas no parque. Boa parte termina em piscinas naturais ótimas para nadar. Algumas próximas da portaria, como Prainha e Lago dos Espelhos. 

São mais de 50 grutas e cavernas espalhadas pelo parque. A das Bromélias entrou para o livro dos Recordes como a segunda maior caverna de quartzito do mundo, com mais de 3 mil metros de galerias e túneis abertos a visitação. Além de diversas outras cavernas que podem ser visitadas.

Algumas dicas para quem está indo encarar a trilha:

- Leve água
- Leve algum lanche (biscoito, barrinhas de cereal, frutas. O parque conta apenas com um restaurante na entrada dele)
- Lanterna (se for o caso de ficar lá pela noite)
- Protetor solar
- Agasalho (em Ibitipoca pode fazer bastante frio, principalmente a noite)
- Vá com roupas confortáveis

E aí? Gostaram das dicas? Tem mais alguma que precisa entrar nesse texto? Me contem nos comentários.

Beijo, beijo,

Nicole Werneck

Fanpage: Nicole Werneck - Blog
Instagram: @nicolewerneckf
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário