Páginas

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Natal no Vaticano



Assistir à Missa do Galo na Praça de São Pedro, no Vaticano, era uma coisa que eu sempre tive vontade de fazer! Em 2013 eu consegui realizar esse sonho e vou contar para vocês como foi.

Praça lotada esperando a missa começar

Bom, passamos a tarde do dia 24 de dezembro nos arredores do Vaticano. Fomos conhecer a Basílica calmamente, tirar bastante fotos e andar pelos arredores do local.

É importante dizer que no dia 24 o horário de funcionamento da Capela Sistina é especial, funciona até bem mais cedo, não me lembro exatamente o horário mas acho que os visitantes só podiam entrar até às 14 horas ou mesmo antes disso. Então uma dica, se você vai visitar o Vaticano no dia 24 e quer conhecer a Capela Sistina, chegue lá pela manhã e já entre na fila para visitar a Capela.

Nos arredores do Vaticano tem também muitas lojinhas de souvenirs. Eu estava com mais um amigo, e nós queríamos presentear a família toda com coisas de lá. Ficamos um tempinho olhando as lojas e escolhendo o que iríamos dar de presente.

Basílica vista da Praça São Pedro

Presépio dentro da Basílica

Presépio dentro da Basílica

Presépio fora da Basílica

Bom, cerca de nove horas da noite voltamos para a Praça de São Pedro e alguns fiéis que iriam assistir a missa ali já estavam chegando também. A missa começa meia-noite, mas antes disso houveram encenações no presépio entre outras coisas.

Basílica vista da Praça São Pedro

Praça São Pedro

Para se assistir a missa dentro da Basílica é necessário fazer um pedido muitos meses antes de dezembro (pelo que eu sei o pedido é feito apenas através de carta). Até mesmo algumas autoridades ficam sem poder entrar na Basílica porque não fizeram o pedido no tempo devido. É que o Vaticano recebe muitos pedidos durante o ano e as pessoas são confirmadas ou não de acordo com antecedência dele. Aquele esquema: vai entrar quem fizer o pedido primeiro.

Eu já tinha me contentado em assistir a missa da Praça São Pedro mesmo (aquela que fica em frente à Basilica). Milhares de pessoas assistem dali.

Decepção nº 1 da Missa do Galo: eu esperava estar imersa no clima de Natal naquele momento mágico. Bom, as pessoas que estavam confirmadas para assistir à Missa do Galo dentro da Basílica iam chegando e formando uma fila. Tinha uma espécie de portãozinho que só seria aberto no horário devido por uma pessoa que trabalhava no Vaticano. Esse portão, quando aberto, conduzia a pessoa por um corredor, e do corredor até a Basílica. Pois bem, na hora que o portão abriu, eu vi uma das cenas mais ridículas que eu poderia ter visto ali. As pessoas saíram correndo sem se importar com ordem da fila, sem se importar se na sua frente havia pessoas de idade ou crianças. Elas iam atropelando todo mundo, caindo pelo chão, correndo desesperadas para consegui pegar um bom lugar na missa, para ficarem mais perto do papa ou sei lá. Fiquei decepcionada, porque nessa cena que eu vi não tinha nada de espírito de Natal. Ninguém respeitou nada, ninguém respeitou a vez do outro. Lamentável

Decepção nº 2: Após essa cena desastrosa que eu vi, ocorreu outra. As pessoas que iriam assistir a missa da Praça estavam sentadas no chão ou em pé conversando e esperando a missa começar. Na nossa frente, um cercado de madeira. Dentro desse cercado, muitas cadeiras dispostas. Eu pensei que aquelas cadeiras eram uma continuação para as pessoas que tinham enviado o pedido para o Vaticano, não tinham conseguido assento dentro da Basílica, mas tinham conseguido um lugarzinho especial ali. Mas não era nada disso, aquelas cadeiras eram para nós mesmos, que iríamos assistir a missa da praça. Após aquelas pessoas terem entrado na Basílica correndo e atropelando os outros, abriram o cercado de madeira que estava na nossa frente com as cadeiras. Mais correria para pegar um lugar bom. Aquilo foi um desespero. Aqueles milhares de pessoas correndo para conseguir um bom lugar. Eu no meio daquilo tudo sem saber o que fazer, acabei me perdendo do meu amigo. Cena lamentável novamente, a sorte é que logo consegui achar meu amigo de novo.

Galerão

Decepção nº3: No mínimo 30% das pessoas que estavam ali eram brasileiros. A maioria tinha bandeiras. Fácil identificar um brasileiro, a maioria carrega a bandeira do Brasil quando visita outros países. Durante a missa, o papa convidava várias pessoas a lerem um pedaço do texto em suas línguas. Teve gente que leu em polonês, espanhol, francês, inglês, alemão e várias outras. E acredita que com aquela quantidade gigante de brasileiros na praça e certamente dentro da Basílica, nenhum de nós foi convidade a ler em português? Nem português de Portugal teve... #xatiada

Brasileiros

Brasileiros

Decepção nº4: No final da missa todos nós queríamos muito que o papa aparecesse ou acenasse da janelinha para nós que estávamos na Praça. Afinal, estávamos num frio inimaginável exercendo nossa fé. Eu acharia digno ele aparecer só pra acenar. Todos gritavam e pediam isso. As luzes se acenderam e pensamos que ele iria aparecer. Depois de esperar cerca de meia hora, os policiais (ou guardas) chegaram e nos expulsaram (não vou falar nos convidaram para nos retirar porque não foi isso, nos expulsaram mesmo de lá). Saímos todos decepcionados. Lamentável de novo.

Luzes acesas. Cadê o papa?

Ter ido assistir à missa foi uma experiência incrível. Eu percebi que nem tudo é o que parece e que eu preciso estar nos lugares para poder tirar minhas próprias conclusões. Apesar disso tudo ainda quero um dia assistir à missa de dentro da Basílica!

E aí, você já assistiu à Missa do Galo? Me conta o que achou!!

Merry Christmas,

Nicole Werneck.

Fanpage
Instagram: @nicolewerneckf
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário