Páginas

domingo, 30 de novembro de 2014

London, sô!



Oi gente!

A postagem de hoje é principalmente para aqueles que amam Londres (ou seja, todos nós!) e querem ficar por dentro de todas as novidades da cidade.

A Luiza Ferrari é uma brasileira que mora em Londres e é idealizadora do blog London, sô  . De lá, ela nos conta tudo sobre a fantástica capital da Inglaterra. É um ótimo blog para quem está indo para Londres, seja para morar ou visitar. Além de Londres, ela também conta sobre as viagens que faz. Então lá tem um conteúdo muito bom para todos nós que adoramos viajar!

Luiza Ferrari em Londres (Imagem: London, sô)

Eu enviei umas perguntinhas para a Luiza e ela me respondeu com muito carinho. Segue abaixo:.

Eu - Quando e por que você foi morar em Londres? Já havia morado em outro país que não fosse o Brasil antes de ir para a Inglaterra?

Luiza Ferrari - Me mudei pra Londres em dezembro de 2011, e só porque meu marido recebeu uma proposta de emprego aqui. Eu nunca tinha morado em outro país e nem queria vir pra cá, mas acabei me apaixonando logo nos primeiros dias.

Eu - Qual foi o maior choque cultural que você teve?

LF - Na verdade não tive nenhum choque grande… Apenas as diferenças no cotidiano é que me intrigaram no início. Mas uma coisa que sempre me deixa boba é como a maioria das pessoas aqui é honesta e como eles confiam nas pessoas, coisa que no Brasil não acontece. Levei um bom tempo até começar a relaxar e confiar mais nos outros.

Eu - Como foi a adaptação no novo país? Já falava inglês antes ou aprendeu quando se mudou?

LF - A adaptação foi mil vezes mais tranquila do que eu imaginava que seria. Na primeira semana eu fiquei meio perdida, cheguei numa época em que o dia virava noite às 15h, mas depois desse tempo eu já me sentia em casa.
Já falava inglês antes de vir, mas por mais que a gente ache que sabe falar, sempre aprende demais quando chega.

Eu - Do que mais sentiu (ou sente) saudade e o que não sente saudade de jeito nenhum do Brasil?

LF - Clichê, mas eu sinto muita saudade da minha família e nossos bichinhos de estimação… E da comida! Ah, essa aparece direto, viu. Saudade de sair à noite depois do trabalho, sentar num boteco e comer petiscos gostosos com uma bela caipirinha. :)
Não sinto saudade da desonestidade, do “jeitinho brasileiro”, do transporte que não funciona (entre tantas outras coisas que também não funcionam).

Eu - Como surgiu a ideia de escrever um blog? Sempre gostou de escrever?

LF - Desde novinha eu amo escrever e sempre mantive diários e mais tarde, blogs. O London, sô! surgiu assim que me mudei pra Londres, como uma forma de manter as nossas famílias atualizadas. Pensei em falar somente sobre a cidade, com dicas para quem estivesse prestes a se mudar e estivesse tão perdido quanto eu fiquei… Depois de alguns meses ele acabou virando um blog de viagens, onde conto sobre todos os lugares que visitamos.

Eu - De onde surgiu o nome London, sô?

LF - Eu não sou lá das mais criativas, mas sabia que queria um nome que fizesse referência ao meu estado, Minas Gerais. Não queria nada como “eu no mundo” (e as outras variações tão comuns que vemos o tempo todo por aí), então me veio essa ideia… Como se fosse uma conversa entre dois mineiros e eu dissesse “tô mudando pra London, sô!”, exatamente como uma boa mineirinha.

Eu - Qual é o lugar de Londres que você mais gosta?

LF - Sou suspeita pra falar porque amo cada cantinho dessa cidade. As regiões turísticas (a área do Big Ben/London Eye e da Tower Bridge/Tower of London principalmente) me encantam, mas sou completamente apaixonada pela região de Canary Wharf e Docklands. Os turistas costumam não visitar essa parte da cidade, mas ela é extremamente linda, com os prédios altíssimos e parecidos vindos direto do futuro, e as docas cheinhas de histórias tão interessantes. É uma mini NY dentro de Londres. :)

Eu - Escolha três lugares da cidade que a pessoa não pode deixar de visitar.

Vou tentar fugir dos lugares já tradicionais e que todo mundo já sabe que tem que ver, então eu diria:

- Canary Wharf e Docklands, como disse antes.
- A região dos museus (Natural History - que é um dos prédios mais lindos de Londres -, Science Museum e Victoria & Albert)
- Eu indicaria na verdade um passeio bem gostoso: seguir a margem Sul do Tâmisa e fazer o caminho de Southbank entre a Tower Bridge e o Big Ben. Dá pra ver quase todos os pontos turísticos famosos da cidade e num passeio muito bonito.

Canary Wharf e West India Quay à noite (Imagem: London, sô)

Prédio do Natural History Museum (Imagem: Wikimedia Commons, autor: Stephantom)

Interior do Natural History Museum (Imagem: Creative Commons, autor: Chris Chabot)

Science Museum (Imagem: Wikimedia Commons, autor Christine Matthews)

Jardim do Victoria and Albert Museum (Imagem: Wikimedia Commons, autor Aqwis)

Tower Bridge

Eu concordo totalmente com a Luiza quando sobre como a confiança que as pessoas tem umas nas outras lá. Eu também achei isso "estranho" quando morei na Europa (mas só no início). Depois me acostumei a isso. Coisa boa a gente se acostuma rápido.

Muito obrigada Luiza pela colaboração com o blog, e continue nos informando sobre tudo o que está rolando nessa cidade maravilhosa que é Londres.

Não deixem de visitar o blog da Luiza e de curtir a página do London, sô no facebook.

Beijo, beijo,

←  Anterior Proxima  → Página inicial

4 comentários: