Páginas

terça-feira, 8 de julho de 2014

Brasil, Alemanha, Copa das Copas e porque a Dilma não tem nada a ver com o resultado do jogo



Parece até idiota dizer isso, mas tem gente que não entende. Eu não sei em quem eu vou votar nas próximas eleições, vou esperar as propostas dos candidatos. E o resultado de uma Copa do Mundo não vai mesmo definir a minha escolha.
Eu não posso cobrar da Dilma que a seleção jogue bem, como um monte de gente está cobrando e postando nas redes sociais, e confundindo e misturando política com futebol. Não podia cobrar que ela decidisse não fazer mais Copa por pressão popular a 1 antes do do evento, depois que as obras já haviam começado e depois que o dinheiro que cobrávamos tardiamente para educação e saúde já havia quase totalmente sido gasto. Não posso culpá-la pela Copa ter acontecido no Brasil, porque ela assumiu a presidência em 2011 e a eleição que decidiu que o Brasil seria sede do Mundial de 2014 foi em 2007, quando o nosso presidente era o Lula. E se alguma manifestação contra a Copa fosse feita, tinha que ter sido nessa época. Mas na época a maioria ficou super feliz com esse resultado.
Sou super a favor de manifestações pacíficas. Eu fui em uma, gritei por mais saúde, educação, e vida digna para os brasileiros. Mas àquela altura pedir para não ter mais Copa, seria meio inviável. O dinheiro dos meus impostos já havia sido gasto nas obras. E pedir para que os turistas não viessem, seria pior para o meu país.
Enquanto o Brasil estava ganhando os jogos, mesmo que suado, todos tinham orgulho de sua brasilidade. Aí perdeu, isso foi motivo para queimarem bandeiras em público, arrumar confusões e arrastão, quebra-quebra nos lugares, fogo em ônibus e colocarem a culpa em todos, inclusive na presidente.
Quando assumimos a Copa, sabíamos que apesar de a maioria julgar que certamente seria comprada (eu sinceramente, não acho possível ninguém comprar Copa. Comprar quem? Todos os jogadores do time adversário? O técnico? Todos os juízes dos jogos que o time jogaria? Talvez seja estranho para nós isso, mas nem todas as nações aceitam se vender), eles estavam errados. E sim, poderíamos perder.
Lamentável também é ser brasileiro com muito orgulho e amor só na hora que ganha. Na hora que o Júlio César defende pênaltis, na hora que o David Luiz tem atitudes bonitas ou na hora que o Neymar dá seu show. Todo esse patriotismo se dissolve com 7 gols (sim, foi humilhante), com uma partida que sim, seria decisiva e muito importante, ser perdida. Diz Galvão Bueno que os torcedores brasileiros no estádio, continuaram cantando com orgulho de seu país no final da partida. Isso eu não sei. Eu sei que o que eu vi pela televisão foram muitas vaias durante o jogo. Se eu tivesse pagado caro por um ingresso, eu ia chorar igual o menino de 5 anos chorou. Mas eu sou contra vaia em qualquer momento, só se a situação for extrema. E como antes da Copa todos enchiam a boca pra falar que o que importa é educação e saúde e que a Copa não importa, então a situação não era tão extrema assim. 
Ninguém gosta de perder, mas tem que aprender a lidar com isso. A seleção tem que fazer de tudo para ser a melhor do mundo, talvez e provavelmente os jogadores e a comissão técnica deram o melhor deles, mas eles não eram os melhores. Pelo menos não eram, ou não foram melhores como uma equipe.
Ainda somos os que tem mais títulos, e espero que a Holanda ganhe no final para que a Alemanha não tenha 4 estrelas em seu uniforme.
Aproveito a deixa para falar que não é só resultado de Copa que você não pode cobrar da Dilma, você não pode cobrar da Dilma mais transportes públicos (segundo o artigo 30, item 5 da Constituição Federal, isso compete aos municípios. Cobre dos vereadores e prefeito), não pode cobrar mais escola (artigo 30, item 6 da constituição diz que educação infantil e ensino fundamental também compete ao município, mas aqui o Governo Federal tem que dar ajuda técnica e financeira. Responsabilidade direta do presidente e do Governo Federal são as Universidade públicas e os ensinos técnicos), mais segurança (Governo estadual é o responsável pela segurança pública, Guarda Civil é responsabilidade da Prefeitura), diminuição dos impostos (parte dos impostos são atribuídos ao Governo Estadual ou Prefeitura, o Governo Federal pode reduzir os impostos que competem a ele, mas não todos), mais hospitais(artigo 30, item 7 da Constituição diz que cabe à Prefeitura prestar atendimento à saúde da população, mas claro recebe apoio técnico e financeiro do Governo Federal).
Gente, vamos parar de atribuir tudo e colocar a culpa de tudo só no presidente. Atribuir os problemas seculares em uma pessoa que assumiu agora o cargo mais alto do país, é complicado. Votem bem nos Senadores e Deputados, são eles que aprovam Leis. Para com essa mania de brasileiro de querer ficar do lado de uma coisa só quando ela está ganhando. Se você encheu o peito e cantou que tem orgulho de ser brasileiro, que seja nas derrotas e vitórias, ou ter cantado essa música por onda popular foi mera hipocrisia.

Nicole Werneck


Para saber de todas as postagens do blog, curta a fanpange aqui


←  Anterior Proxima  → Página inicial

2 comentários:

  1. Muito bom ver que o jovem educado para o pensar esta pensando. E com clareza! Parabens Nicole!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal que você gostou do que foi exposto! Muito obrigada!!

      Excluir